𝐕𝐞𝐫𝐝𝐚𝐝𝐞 𝐅𝐞𝐦𝐢𝐧𝐢𝐧𝐚, 𝐜𝐨𝐦 𝐒𝐮𝐞𝐥𝐥𝐞𝐧 𝐇𝐨𝐥𝐚𝐧𝐝𝐚.

É verdade que as empresas pagam menos às mulheres porque os empresários são machistas? 

Vem comigo que eu vou te ajudar a desconstruir mais uma falácia feminista.

Antes de tudo, é preciso que você saiba que todas as matérias que tratam desse tema são tendenciosas. 

Todas elas são comprometidas com a agenda desse movimento. Mas vamos aos fatos, pois, contra fatos, não há argumentos!

Segundo a pesquisa do IBGE, homens começam a trabalhar, em média, com 14 anos de idade, já as mulheres, com 16.

 Os homens trabalham em média 31,8 horas por semana, já as mulheres, 37,3 horas por semana. 

OS HOMENS PERMANECEM MAIS TEMPO NO MERCADO DE TRABALHO.

Segundo o IBGE, somente, 55,5% das mulheres estão ativas no mercado de trabalho, já os homens correspondem a 73,7%.

Além do mais, a Constituição proíbe que as mulheres recebam menos pelo simples fato de serem mulheres. 

O artigo 461 da Constituição Federal garante que sendo idênticas as funções, a todo trabalho será pago o mesmo valor, independente do sexo, etnia, nacionalidade ou idade.

Enfim, as mulheres não ganham menos que os homens quando ocupam o mesmo cargo, a mesma função com o mesmo currículo com os mesmos anos de experiência e trabalhando na mesma carga horária.

E outra, se o salário delas fosse menor apenas por serem mulheres, nenhuma empresa contrataria homens pois o setor privado visa o lucro.

Disponível também no site:

www.escotilhanews.com.br

Por: 𝑺𝒖𝒆𝒍𝒍𝒆𝒏 𝑯𝒐𝒍𝒂𝒏𝒅𝒂 I @tribunaantifeminista

#Mulher 

#Feminismo 

#AntiFeminismo

#DesigualdadeSalarial

#RadioTvWebEscotilha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 11 =