Mãe precisa de ajuda para bebê de 2 meses que nasceu com uma bolha de líquido na cabeça

Pequena Maria Vitória nasceu com uma bolha de líquido na cabeça e “lábio leporino”.

“O desespero bate o tempo todo, pois está faltando o básico para a minha filha, como remédios e fraldas”, o relato é de Aparecida Gonçalves Pereira, de 26 anos, sobre a situação da pequena Maria Vitória, de 2 meses, que nasceu com uma bolha de líquido na cabeça, além do lábio leporino, ou seja, uma malformação congênita que ocorre no desenvolvimento embrionário do bebê. Sua principal característica é a presença de uma fissura (espécie de abertura) na parte superior do lábio, entre o nariz e a boca.
A mãe conta que a bebê nasceu no Hospital São Camilo, no município do Crato. Por conta da bolsa de líquido, Maria Vitória precisou ficar em uma incubadora por alguns dias, até ser transferida para Fortaleza para a realização de uma cirurgia. Entretanto, após o resultado de um Raio X, o médico que acompanhou o caso chegou à conclusão que não teria como realizar a cirurgia, pois Maria Vitória corria o risco de não resistir.  
“Desde que nasceu minha bebê não sai do hospital. Com relação à cirurgia não me falaram mais nada. Eu até quero saber como vai ficar essa situação. Tenho fé que vou levar Maria Vitória prá casa”, diz a mãe.
Maria Vitória – 2 meses

Campanha tenta arrecadar ajuda

Aparecida, a mãe, iniciou uma campanha pelas redes sociais e grupos de Whatsapp para conseguir ajuda para a pequena Maria Vitória. 
 “Não está fácil, mas tenho fé em Deus que não vai faltar os medicamentos e fraldas para minha filha. Ela também precisa de lenços e pomadas, é muito difícil nossa situação”, disse Aparecida.
Quem desejar ajudar e ou precisar de mais esclarecimentos sobre o caso de Maria Vitória poderá entrar em contato com a mãe dela, Aparecida Gonçalves, pelo WhatsApp (88) 99417-8788.
Quem desejar contribuir poderá fazer através de um PIX, usando a seguinte chave: CPF: 105.533.623-05 (Aparecida Gonçalves Pereira). 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =