Forças Armadas inutilizam draga de garimpo ilegal, durante Operação “Ágata”

Equipamento foi encontrado pelo 2º Pelotão Especial de Fronteira do Exército Brasileiro

Neste domingo (07), o 2º Pelotão Especial de Fronteira do Exército Brasileiro (EB) inutilizou uma draga oriunda do garimpo ilegal, no contexto da Operação “Ágata” – Comando Conjunto Uiara –, que acontece na tríplice fronteira da Amazônia (Brasil, Colômbia e Peru). O dono da embarcação também foi autuado pelo EB. 

A operação, que é coordenada pelo Ministério da Defesa e executada pela Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira em cooperação com órgãos federais, estaduais e municipais e agências governamentais, visa combater crimes transfronteiriços e ambientais, além de intensificar a presença do Estado Brasileiro na faixa de fronteira.

Ainda no contexto da operação, a Marinha do Brasil realiza Ações de Assistência Hospitalar no rio Javari. Já foram atendidas as comunidades indígenas Cruzeirinho, Palmeira do Javari, Nutewa, Kulina, Flores e São Luiz, das etnias Mayuruna, Kanamari, e ainda o município de Tabatinga (AM). Em seguida, o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) Oswaldo Cruz prosseguirá atendendo às comunidades de Lago Grande, Tambaqui e Irari, no município de Atalaia do Norte (AM).  Fonte: Agência Marinha de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + vinte =