Mais um caso de envenenamento de animais é registrado em Várzea Alegre; veja vídeo

O caso foi registrado no bairro Serrinha e é apenas um exemplo trágico de muitos outros que têm acontecido em Várzea Alegre.

A cidade de Várzea Alegre tem sido palco de uma série de atos cruéis e desumanos. O envenenamento de cachorros e gatos vem ocorrendo corriqueiramente, trazendo dor e sofrimento a inúmeros animais inocentes. Os defensores da causa animal reclamam que pouco ou quase nada tem sido feito pelas autoridades para impedir essas atrocidades e proteger a vida desses seres vulneráveis.

Em vídeo gravado na manhã desta terça-feira (1/08), é possível testemunhar a revolta de um morador do bairro que presenciou uma cena impactante de um cachorro agonizando na calçada da sua residência após ter sido vítima de envenenamento. A imagem revela a terrível realidade enfrentada por esses animais, que lutam pela sobrevivência em meio à crueldade humana.

O caso foi registrado no bairro Serrinha e é apenas um exemplo trágico de muitos outros que têm acontecido em Várzea Alegre. A comunidade local, indignada e consternada, clama por ação e justiça. O absurdo dessas ações cruéis é evidente, e a urgência de alguém tomar providências é inquestionável.

“Olha menino, nós estamos aqui na Serrinha, nós ‘que’ ajuda. Olha a situação desses animais que estão fazendo aqui ‘ó’, envenenando gato e cachorro. Nós ‘qué’ ajuda aqui, alguém que seja responsável para pagar por isso aqui que tão pegando e envenenando os cachorros”, denunciou o morador Manoel dos Santos Lopes que presenciou a agonia e morte de um cachorro que foi envenenado. Segundo Manoel, nos últimos dias já foram três cachorros e dois gatos mortos por envenenamento na localidade.

Morador revoltado com crime de envenenamento de animais

A Vigilância Sanitária esteve no local e recolheu o animal e instruiu a comunidade com relação aos procedimentos nesses casos.

Vigilância Sanitária recolhendo o corpo do animal morto por envenenamento

As organizações de proteção animal da cidade têm alertado constantemente sobre a necessidade de políticas eficazes e medidas de prevenção, além de uma fiscalização rigorosa para coibir esses atos covardes. É fundamental que as autoridades se mobilizem, criando uma força-tarefa dedicada a investigar, identificar e punir os responsáveis por esses crimes bárbaros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =