Gurgel do Amaral abraça a causa da doação de perucas para pacientes em tratamento de câncer no Ceará

A primeira entrega de perucas aconteceu durante a 30ª Feira Regional da Beleza e, nesta semana, foram levados para São Paulo mais 40 quilos de cabelo para a confecção de novas perucas

A arte de cortar um cabelo também passa pela conscientização em ajudar o próximo. Embora as tesouras não façam mais parte do seu dia a dia, o presidente da Associação dos Cabeleireiros do Estado do Ceará (ACEC), Gurgel do Amaral, vem abraçando a causa da doação de perucas para pacientes em tratamento de câncer no Ceará. No ano passado, foram entregues perucas durante a 30ª Feira Regional da Beleza e outras 10  para a Associação Casa Esperança e Vida, no município de Barbalha (CE). Neste ano, outras 10 mulheres residentes em Fortaleza tiveram a oportunidade de receber esse acessório tão importante por meio desta ação da associação, elevando a autoconfiança e a autoestima delas. 

Aos 39 anos e diagnosticada com leucemia mielóide crônica no ano de 2014, a auxiliar administrativa Patrícia Lima Neves esteve na sede da ACEC no último mês de julho para receber a peruca. Ela, que conseguiu passar pelo transplante de medula em 2019, tendo como doador o irmão (100% compatível), viu a doença voltar mais agressiva em 2020. Já são quase 10 anos de tratamento e muitas superações. Em 2021, Patrícia sofreu duas paradas cardíacas e perdeu a visão do lado esquerdo. A careca até soube conviver, mas percebeu o quanto outras pessoas ficavam incomodadas e até notou como o preconceito ainda é grande, mesmo não sendo uma doença transmissível. 

Situações constrangedoras no transporte público e até o olhar com medo de uma sobrinha de quatro anos – mas esta, totalmente inocente – fez com que ela resolvesse encarar o uso de uma peruca. Por meio de uma indicação, ela procurou a ACEC e escolheu o seu novo cabelo. “É um cabelo castanho escuro e está todo adaptado para a minha cabeça. O material é muito bom, não coça e nem esquenta. Até esqueço que estou de peruca e o bom, se quiser, é que posso até pintar de outra cor”, explica Patrícia. Ela, que precisou ser afastada do trabalho pelo INSS, teve que reinventar sua rotina para além do tratamento, marcado por reações muito fortes. Para ocupar a mente, desde 2020 ela passou a vender produtos on-line, como bijuteria, perfumes e peças íntimas.

Nem sempre Patrícia está disposta para ver pessoas que não sejam da própria família e sair de casa, ultimamente, é muito raro. Por isso, movimentar a sua rede social (@plnmodaseperfumes) com a venda de produtos tem ajudado bastante na ocupação do tempo. Mãe de quatro filhos adultos, de 19, 20, 23 e 24 anos, e com um netinho de sete meses, Patrícia contou que pela medicina o seu caso não tem cura e que terá que tomar remédio pelo resto da vida. “Isso me impossibilita voltar ao trabalho formal. Então, o jeito que encontrei foi virar empreendedora. O suporte do meu marido e da minha família é o que me ajuda a passar pelo tratamento”, ressaltou.

Patrícia Lima Neves

A parceria da ACEC com a Casa Rosa Beleza do Bem, com sede em São Paulo e responsável por confeccionar as perucas, vem desde o ano passado. Para o presidente da ACEC, Gurgel do Amaral, “o papel social precisa ser abraçado por todas as pessoas, entidades, associações e empresas. Somente assim, conseguiremos diminuir o sofrimento de quem mais precisa de uma mão estendida. No caso das mulheres em tratamento de câncer, é muito gratificante ver o sorriso delas quando recebem a peruca e se olham no espelho. Aqui, além de escolherem o modelo, elas podem também escolher o corte sempre que desejarem”. Na associação há instrutores para cursos e cortes de cabelo, pois as salas contam com toda a estrutura de um salão de beleza e de barbearia.

Saiba mais:

– Os cortes gratuitos na ACEC para quem deseja doar o cabelo são feitos nas segundas-feiras

– O comprimento mínimo para doação de cabelo é de 15 centímetros

– Para cada quilo de cabelo são confeccionadas três perucas

– O cabelo para ser doado precisa estar lavado e seco para não mofar

– É importante amarrar o cabelo em um elástico fino para não se desprender e perder os fios

– Os tamanhos da perucas variam de P e M ao G (para melhor adaptar nas cabeças das pessoas)

– Cabelos com química ou coloração também podem ser doados

– Cabelos cacheados são mais difíceis de encontrar

– A lavagem da peruca deve ser feita apenas uma vez por mês

Sobre a Casa Rosa Beleza do Bem

Fundada por Maria Auxiliadora Carvalho de Andrade Sandim em 2014, a Organização Não-Governamental (ONG) Casa Rosa Beleza do Bem já confeccionou aproximadamente 10 mil perucas até agora. Esses importantes acessórios para pessoas em tratamento do câncer são enviados para todo o Brasil, com destaque para o Ceará numa parceria com a Associação de Cabeleireiros do Estado do Ceará (ACEC). 

O projeto conta com cabeleireiros voluntários e uma equipe de costureiras, cuja técnica aplicada permite a ventilação na cabeça e torna o acessório mais confortável para quem está usando.

Feira Regional da Beleza

Para reforçar a ação de doação de cabelos para a confecção de perucas, a Associação dos Cabeleireiros do Estado do Ceará (ACEC) fará a entrega de novas remessas desse acessório durante a “31ª Feira Regional da Beleza”, que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de outubro, no Centro de Eventos do Ceará, das 13 até 21 horas. No ano passado, a presidente da Casa Rosa Beleza do Bem participou da 30ª edição, com a primeira entrega de perucas durante o evento.

Na feira, o público poderá acompanhar também o “23º Congresso de Manicure, New Design, Epilação, Bronzeamento e Embelezamento de Olhar”, das 09 às 18 horas, localizado no 1º Mezanino do Centro de Eventos do Ceará. Estão previstos, ainda, lançamentos de produtos, equipamentos e serviços para cabelos, barbearia e oficinas e varejo da beleza.

A “Feira Regional da Beleza” promete movimentar a economia local, com o impulsionamento de caravanas de todo o Brasil . Os ingressos já podem ser adquiridos no site da ACEC.

Serviço:

31ª Feira Regional da Beleza

Local: Centro de Eventos do Ceará – Pavilhão Leste

Endereço: Avenida Washington Soares, 999, Edson Queiroz, Fortaleza/CE

Data: 15, 16 e 17/10/2023

Entrada: R$ 10,00 / dia

Site da ACEC: https://www.acec-ce.com.br/

Perfil no Instagram: @associacao_dos_cabeleireiros

Mais informações:

Luciana Franco – Jornalista Responsável (85 – 99994-7215)

Jonathan Firmino – Jornalista Responsável (85 – 99944-3004)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 6 =