Praça pública de Cedro é alvo de atos de vandalismo

Não é a primeira vez que Cedro é vandalizado por pichações. Até o prefeito já foi vítima desse tipo de vandalismo

Na noite de terça-feira, 31/10, Cedro foi mais uma vez surpreendida por atos ofensivos de vandalismo. Desta vez o ato de pichação aconteceu na Praça Antônio Marques. O vandalismo aconteceu por volta das 20h e a Polícia Militar foi acionada via 190 que havia um grupo de aproximadamente três pessoas fazendo pichações na rua.

Quando a viatura da PM chegou ao local para averiguar a denúncia avistou o menor J.F.B da S., estudante, nascido aos 24/06/2007, 16 anos, natural de Cedro, residente na Rua José Luiz, n° 94, Bairro Pega Avoante. O menor estava na companhia de sua mãe, a senhora Fabiana Bezerra.

No momento da chegada da polícia o adolescente estava com um frasco de spray cor preta. Aos ser questionado pelos policiais o menor disse que estava expressando os seus pensamentos através de pichações juntamente com mais dois colegas identificados inicialmente como sendo (Heitor e Andressa), porém os dois teriam saído do local, momentos antes da composição policial chegar.

Posteriormente os outros dois envolvidos retornaram ao local, sendo identificados como sendo: Heitor Bonfim Barbosa Amorim, estudante, 18 anos, residente no Sítio Calado, Orós/CE e Andressa de Matos Amário, estudante, 20 anos, residente em Cedro. Ambos confessaram que estariam juntamente com o menor fazendo pichações naquele espaço público.

Segundo informações repassadas pela PM (2ªCia / 10°BPM) as pichações foram feitas em mesas e bancos de cimento e no chão, com frases e símbolos. As frases faziam apologia ao comunismo: “VIVA LA REVOLUÇAO”, “FDS O NAZISMO”, além de símbolos satânicos, os quais, segundo os autores, se referiam a uma série de TV, “SOBRENATURAL”.

Os policiais perguntaram sobre pichações que foram feitas semanas atrás no cemitério público local, com símbolos fazendo apologia ao Nazismo e no cinema que está em construção, no qual foram pichadas frases com ameaças de morte contra o prefeito municipal. Os mesmos negaram participação nesses crimes, no entanto Heitor informou que teria feito algumas pichações no cinema, mas que se tratava apenas de frases de músicas de Raul Seixas.

Os infratores foram conduzidos à Delegacia Regional de Iguatu para os procedimentos administrativos cabíveis, ouvidos e em seguida liberados.

Um TCO foi lavrado em desfavor de Heitor e Andressa, sendo os mesmos enquadrados no artigo 65, da Lei 9605, CRIMES AMBIENTAIS, e conta o menor foi lavrado um BOC.

Histórico de pichações em Cedro

Na manhã do dia 16/10, Cedro foi surpreendida por atos chocantes de vandalismo. O cemitério da cidade foi alvo de pichações com símbolos nazistas, evocando memórias sombrias do terror do nazismo. Além disso, o prefeito Joãozinho de Titico enfrentou ameaças de morte perturbadoras relacionadas à construção do aguardado cinema local.

A Polícia Civil de Iguatu investiga o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − 4 =