Zé Helder rebate o vice-prefeito e diz não ser surpresa seu desligamento do grupo; segundo Zé, quem se afastou do grupo foi o próprio Dr. Fabrício, quando procurou acordos com a oposição

Helder anunciou ainda que os nomes dos candidatos a prefeito e vice do seu grupo serão divulgados entre abril e maio

Diante do anúncio do desligamento do vice-prefeito de Várzea Alegre, Dr. Fabrício Rolim, feito nessa quinta-feira (15) em um vídeo publicado em suas redes sociais e divulgado por meio de matéria no EscotilhaNews, procuramos o prefeito Zé Helder para saber o seu posicionamento com relação ao fato.

Zé Helder, que cumpre o seu quarto mandato no comando do executivo de Várzea Alegre, disse que nem ele e nem os varzealegrenses ficaram surpresos com o desligamento de Fabrício do seu grupo, tendo em vista, segundo Zé, que há mais de um ano o vice vem conversando e realizando reuniões com a oposição.

No entendimento de Helder, quem se afastou do grupo foi o próprio Dr. Fabrício. Zé disse ainda que é injusta a declaração de Fabrício de que o grupo nunca o valorizou. Segundo o prefeito, quase todas as demandas levadas pelo seu vice foram atendidas, seja na área da saúde ou até mesmo na infraestrutura.

Sobre outra afirmação de Fabrício, que disse no vídeo que o governo de Zé Helder – do qual ele fez parte durante toda a sua vida política – sempre foi “ditador”, Zé discordou dizendo que sempre desempenhou seu trabalho como gestor da forma mais democrática possível.

É impossível, em tempos modernos, um gestor ditador permanecer no governo por quatro mandatos”, disse Zé Helder.

Confira a participação de Zé Helder enviada à redação do EscotilhaNews:

Zé Helder – prefeito de Várzea Alegre

Redação Escotilha / Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =